16/11/2011

Porque será?


Por que sou assim?
Por que as pessoas são assim?
E por que o mundo é assim?
Uma infindável dor bate hoje em me peito magoado,
ferido, rasgado pela maldade deste mundo.
Talvez devesse sumir hoje...
ir a outro lugar,
procurar novos horizontes,
respirar novos ares
e não dizer a ninguém meu nome,
quem sou ou muito menos o que quero.
Hoje, e só por hoje, não quero ouvir maldizeres, lamentações,
não quero ouvir malícias, não quero ver tristeza,
nem quero ver probreza.
Por hoje não quero me sentir rebaixado e nem julgado.
Queria hoje apenas PAZ.
E poder viver um dia belo,
sentir o cheiro das flores do campo,
lembrar uma história engraçada.
Por hoje, e só por hoje, não quero convivier com mistérios.
Por hoje eu quero ver a luz que sei que existe dentro de cada um de nós,
pois sei que aliviaria a minha alma,
sem dúvida alguma me faria mais feliz.
E se ainda restar compaixão em seu coração, meu amigo leitor,
sentirá tudo isso também!
Autor Desconhecido

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu comentário e sugestões é sempre bem vindo. Fique na Paz !!!